Veja se é seguro comprar uma moto de leilão

Uma maneira de economizar financeiramente ao adquirir uma moto nova é comprar em leilões. Se você está lendo este artigo, é porque também está interessado em comprar sua moto em leilão, não é? Se você estiver com algum receio, saiba que você não é o único.

Várias pessoas têm medo de comprar por meio de leilões, principalmente porque não há conexão direta entre compradores e vendedores nessa situação. Portanto, nem sempre é possível acessar informações mais detalhadas sobre o veículo antes de concluir a compra. Mas, afinal, é seguro comprar uma motocicleta em um leilão?

Neste artigo você vai aprender que precauções devem ser tomadas ao decidir comprar motocicletas através de leilões. Bom, primeiramente entender como o leilão de motocicletas funciona é uma maneira de compreender esse processo.

Você pode verificar se essa é realmente a melhor opção para você comprar um veículo. Basicamente, os leilões de motocicletas são vendas públicas de veículos. Então, nesse tipo de leilão, os veículos vendidos por diferentes razões estão sujeitos à supervisão da autoridade de transporte. Quem acredita que o leilão foi realizado sem seguir certas regras e requisitos está equivocado.

De fato, o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) aborda esse tópico em seu artigo, padronizando determinados parâmetros dos leilões de veículos. De acordo com o artigo 328, o CTB define se o proprietário legal não leiloa um veículo apreendido ou removido dentro de sessenta dias (a partir da data de recebimento).

Ainda de acordo com o mesmo artigo, os veículos que são vendidos nos leilões delimitam-se em duas categorias: as sucatas que não são aptos para trafegar e os aptos para trafegar. No caso de uma “sucata”, o veículo não será mais utilizado como transporte, mas geralmente é comprado para remover peças ou realizar atividades semelhantes.

Os principais motivos para apreensão de motocicletas são: violações de trânsito (como dirigir sem a CNH ou sob influência de álcool) ou até mesmo a falta de pagamento de financiamentos. Mais afinal como funciona o leilão? Os leilões de motocicletas devem ser conduzidos por leiloeiros oficiais. Esses profissionais devem promover as vendas.

Os interessados em comprar devem dizer a eles quanto estão dispostos a gastar (comprar) mercadorias (neste caso, motocicletas), e a pessoa que fornecer o maior valor será o comprador final. Um fato importante: no leilão, o valor do pagamento da motocicleta não pode ser dividido em vários lotes. A oferta final (para concluir o produto) é alcançar um contrato verbal.




Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações

Deixe um comentário