Veja como fazer o financiamento de uma moto sem entrada



Quem precisa se locomover pela cidade sabe que o transporte público pode não ser a maneira mais fácil de se mover de um local para outro com facilidade e conveniência.

Seja para ganhar agilidade no trânsito de uma grande cidade, ou simplesmente para ter um meio de transporte mais econômico e compacto, as motocicletas são uma boa opção para quem precisa se deslocar.

Com o financiamento, é possível ganhar motocicletas novas ou usadas mais rápido do que você imagina. E, felizmente, você não precisa pagar em dinheiro integralmente. Veja como financiar motocicletas neste artigo.

O que é o financiamento de motocicletas sem entrada?

Financiamento é um tipo de empréstimo denominado Crédito Direto ao Consumidor (CDC).

Pode ajudar milhões de brasileiros a comprar bens de alto valor, como carros, motocicletas e imóveis, mesmo que não os comprem integralmente.

Para financiar motocicletas, você precisa solicitar crédito em uma instituição financeira. Se você for aprovado, ela revisará seu perfil e comprará a moto em seu nome.

Após a compra, você deverá efetuar o parcelamento do valor até a quitação do contrato.

Quem pode financiar motocicletas sem entrada?

Em teoria, qualquer pessoa pode financiar uma motocicleta. Porém, para que seu financiamento seja aprovado, você precisará realizar uma análise de crédito.

Cada banco tem seu próprio método de avaliação. No entanto, normalmente, a pesquisa está relacionada à pontuação de crédito do consumidor (uma medida da probabilidade de inadimplência) e à renda que ele deve pagar em prestações.

Portanto, o financiamento de motocicletas pode ser uma realidade para diversos tipos de profissionais, incluindo, por exemplo, autônomos, funcionários públicos e trabalhadores domésticos.

Os negativos podem financiar motocicletas?

A análise do banco geralmente olha para consumidores em agências de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

Portanto, ninguém com um “nome sujo” pode financiar uma motocicleta.

Se for esse o caso, o mais interessante é normalizar a sua situação primeiro. Assim, será mais fácil usar alternativas de crédito (como financiamento).

O financiamento de motocicletas vale a pena?

Para aqueles que precisam desesperadamente de um veículo e mal podem esperar para coletar dinheiro para comprar dinheiro, financiar uma motocicleta é uma boa ideia.

Os financiadores costumam fazer planos de parcelamento mensal, que podem reduzir o custo total das parcelas e ajudá-lo a incluí-las no seu orçamento.

No entanto, é importante dizer que os juros do financiamento tornam o financiamento total superior ao custo da moto selecionada.

Portanto, é necessário fazer um bom planejamento financeiro e verificar se o parcelamento é adequado para o seu bolso. Essa informação deve estar disponível no custo efetivo total (CET), que detalha todas as taxas, juros e demais taxas que podem ser cobradas dos empréstimos e financiamentos.

Como financiar uma motocicleta

Se você escolher o financiamento, siga as etapas abaixo. Os principais são:

Escolha uma instituição financeira

O primeiro passo no financiamento de motocicletas é escolher uma instituição financeira que ofereça esse modelo de crédito.

São vários, por isso é muito importante estudar a reputação do banco, a taxa de juros aplicada e a possibilidade de parcelamento disponível no mercado.

Colete documentos

O banco precisa de alguns documentos para análise de crédito e assinatura de contratos de financiamento de motocicletas. eles são:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda.



Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações